Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública

Em Cristalina, estrada é reaberta para morador não pagar pedágio

Postado em 27/mar/2017


Com praça de pedágio instalada em perímetro urbano na BR-040, população se sente prejudicada e cobra de prefeito uma solução

A instalação de uma praça de pedágio no perímetro urbano da BR-040 em Cristalina, cidade a 288 quilômetros de Goiânia, tem gerado prejuízo aos moradores da cidade que precisam passar pelo local várias vezes no dia. A taxa para veículos de passeio é de R$ 4, 80.

Uma estrada municipal paralela à rodovia pode solucionar o problema, mas criou-se um novo impasse entre a prefeitura e a concessionária da rodovia. O prefeito Daniel Sabino Vaz (PSB) reuniu-se no dia 7 com o representante da Via 040 e sugeriu cadastrar e isentar do pagamento do pedágio os moradores de Cristalina. O acordo não foi aceito pela empresa.

Segundo ele, o plano diretor do município reza que é zona urbana o raio de 10 quilômetros a partir do centro de Cristalina. “A praça fica a 2 quilômetros e impactou na vida da população que mora na cidade, no nosso Povoado de São Bartolomeu e no Distrito de Campos Lindos. Ela fica antes do entroncamento para outra rodovia também, a GO-436, que vai para Brasília”.

O prefeito explicou que nenhuma audiência pública foi realizada na cidade na época de instalação da praça de pedágio, como prevê a lei, e que a área onde ela foi construída não teria sido desapropriada corretamente. “Vamos questionar isso tudo na Justiça Federal”.

A praça de pedágio na BR-040 foi instalada em julho de 2015 e desde então é tratada como problema em Cristalina. A pedido do Ministério Público Federal, a Justiça Federal suspendeu a taxa do pedágio para todos os veículos com placas de Cristalina em agosto de 2015. A Via 040 conseguiu junto a Advocacia Geral da União derrubar a liminar que isentava os moradores em março de 2016.

Desde então, uma estrada municipal paralela a rodovia vinha sendo utilizada pelos moradores de Cristalina. A Via 040 acabou interditando a estrada municipal, reaberta pela prefeitura na semana passada. “A empresa ganhou concessão para explorar a rodovia federal e não a nossa estrada municipal”.

A assessoria de imprensa da Via 040 disse que é dever da concessionária preservar a faixa de domínio da rodovia em 80 metros e que o acesso da estrada municipal está dentro da faixa de domínio.

Fonte: www.opopular.com.br